Propriedades relativísticas no olhar da química teórica

“Os efeitos relativísticos estão presentes no nosso cotidiano. A cor do ouro, o mercúrio líquido à temperatura ambiente e o rendimento de baterias de chumbo ácido são exemplos de propriedades com interferência direta do fenômeno”, segundo explicação do pós-graduando Eriosvaldo Florentino Gusmão.

Nesta quinta-feira (5/7), às 10 horas, no anfiteatro térreo do edifício Q1 do Instituto de Química de São Carlos (IQSC), Gusmão profere seminário para explicar como esse efeito atua na camada mais internas de átomos e qual a consequência sobre as camadas mais externas. “Serão discutidas, do ponto de vista da química teórica, as propriedades que decorrem do “fenômeno” em átomos, moléculas e sólidos. Propriedades gerais e também fundamentais, obtidas de cálculos teóricos fundamentados na ocorrência destes efeitos, serão expostas e analisadas para o público”, afirmou.

Eriosvaldo é Licenciado e Mestre em Química, desenvolvendo seu doutorado sob orientação do professor doutor Roberto Luiz Andrade Haiduke, do Grupo de Química Quântica do IQSC.

O seminário é gratuito e aberto aos interessados, mas é necessário inscrever-se aqui para obter declaração de participação.

Endereço: Av. Trabalhador São-carlense, 400 – área 1 da USP São Carlos
Contato: (16) 3373-9909

Por Sandra Zambon (Comunicação IQSC)
Foto: Karen Arnold/Pixabay CC0

Notícia cadastrada por SANDRA APARECIDA ZAMBON DA SILVA
O conteúdo da notícia é de inteira responsabilidade do autor.