Parcerias em doenças infecciosas negligenciadas serão apoiadas

A FAPESP, o conselho de pesquisa britânico Medical Research Council (MRC) e o Fundo Newton anunciam uma chamada de propostas para selecionar e financiar Centros para Parcerias em Doenças Infecciosas Negligenciadas.

Os centros não serão instituições físicas, mas um modelo de cooperação que impulsione parcerias já existentes e crie bases para novas colaborações entre pesquisadores do Estado de São Paulo e pesquisadores britânicos.

Serão aceitas propostas colaborativas que contemplem os seguintes temas: doenças transmitidas por vetores, incluindo dengue, zika, chikungunya e febre amarela;
rotavírus; infecções parasitárias, incluindo leishmaniose, filariose, chagas, esquistossomose, helmintose e giardíase; vírus emergentes;  doenças transmitidas pela água; e  infecções bacterianas negligenciadas, incluindo hanseníase.

No lado brasileiro, podem participar pesquisadores vinculados a instituições de ensino superior ou pesquisa no Estado de São Paulo.

As submissões tramitarão segundo as normas e orientações da modalidade Auxílio à Pesquisa – Projeto Temático (www.fapesp.br/176). Exceções estão especificadas na chamada de propostas.

Os proponentes devem submeter um formulário de manifestação de interesse ao MRC, até o dia 8 de junho de 2018, a partir do qual a elegibilidade do pesquisador de São Paulo será analisada pela FAPESP.

Propostas completas deverão ser enviadas a ambas agências de fomento até o dia 19 de julho de 2018. O envio à FAPESP será via Sistema de Apoio à Gestão (SAGe, www.fapesp.br/sage).

Orientações aos proponentes do Estado de São Paulo estão disponíveis em www.fapesp.br/11687.

A chamada completa está publicada em www.fapesp.br/en/11691.

Por Notícias FAPESP

Notícia cadastrada por SANDRA APARECIDA ZAMBON DA SILVA
O conteúdo da notícia é de inteira responsabilidade do autor.