Prof. Dr. DANILO MANZANI

Foto Docente

Histórico

Atualmente é professor doutor do Instituto de Química de São Carlos da Universidade de São Paulo (IQSC-USP). Desenvolveu projetos de pós-doutorado no Departamento de Química da Universidade Estadual de Londrina (2016-2017), no Departamento de Química Inorgânica do Instituto de Química da UNESP/Araraquara (2011-2016) e no Institute for Photonics and Advanced Sensing na University of Adelaide, Austrália (2013-2014). Doutorado em Química pelo Instituto de Química da UNESP/Araraquara (2011) em Química Inorgânica e Materiais Vítreos. Mestrado em Engenharia e Tecnologia Espaciais na área de Ciências dos Materiais e Sensores no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (2007) e Bacharelado em Química pela Universidade Estadual Paulista campus de Araraquara. Tem experiência na área de Química de Materiais e Inorgânica, com ênfase em materiais vítreos, vitro-cerâmicas, cerâmicas e fibras ópticas. Tem como principal atuação a síntese de vidros especiais e fibras ópticas, e suas caracterizações estruturais, térmicas e ópticas, com o foco para aplicações fotônicas como guias de ondas, sensores ópticos e materiais opticamente ativos.


Linhas de Pesquisa

O grupo de pesquisa em materiais inorgânicos e vítreos desenvolve pesquisas altamente interdisciplinares, englobando as áreas de química (materiais e inorgânica), física do estado sólido, e engenharia de materiais. O principal interesse do grupo é a investigação de novos materiais com propriedades ópticas e fluorescentes para aplicações em sistema ópticos integrados, sensores físico-químicos ópticos, e fotônica. Resumidamente, os principais temas de investigação podem ser listados a seguir:
1 - Síntese de novos vidros e vitrocerâmicas de composições especiais, como vidros teluritos, fosfatos, óxidos de metais pesados e oxifluoretos;
2 - Fabricação de vidros ópticos para preparação de fibras ópticas convencionais (nçucleo-casca) e especiais (microestruturadas: amplificação óptica, geração de luz branca, efeitos não-lineares, etc.;
3 - Obtenção de vitrocerâmicas transparentes através de tratamento térmico controlado e microfabricação à laser;
4 - Síntese de vidros contendo nanopartículas metálicas (Au, Ag, Cu), quantum dots de semicondutores e nanocristais opticamente ativos: guias de ondas e sensores ópticos.
5 - Exploração das propriedades fotoluminescentes de vidros e vitrocerâmicas dopados com íons lantanídeos: emissão laser, emissão luz branca, amplificação óptica, sensoriamento óptico, etc.
6 - Utilização de diferentes técnicas de caracterização de materiais, entre elas: análises térmicas (DSC, DTA, TMA), difratometria de raios X (DRX, SAXD), espectroscopias de absorção, vibracional e de espalhamento (UV-Vis, FT-IR, Raman, XANES, EXAFS), ressonância magnética nuclear no estado sólido, microscopias eletrônicas (MEV, FEG, MET) e fotoluminescência.
7 - Sensores químicos e físicos à base de vidros e vitrocerâmicas opticamente ativos.
8 - Produção de guias de ondas planares por microfabricação à laser e métodos físicos.
9 - Investigação de filmes finos vítreos obtidos por métodos físicos de deposição (termodeposição, e-beam, sputtering) para estruturação de sensores ópticos interferométricos.
9 - Síntese e estudo de materiais não cristalinos e/ou semi-cristalinos para aplicações tecnológicas e de saúde.


Publicações

Ver Lattes: http://lattes.cnpq.br/7657320601459955


Pessoal