INTRANET  |   WEBMAIL (Zimbra / Google)  |  

Prof. Dr. ARTUR DE JESUS MOTHEO

Foto Docente

Histórico

Ingressou na USP na primeira turma do curso de Bacharelado em Química do então Instituto de Física e Química de São Carlos (IFQSC) em 1973 tendo se formado ao final de 1976. Por este mesmo instituto fez o Mestrado em Físico-Química de 1977 a 1980 e o Doutorado em Ciências, área de concentração Físico-Química, de 1980 a 1986. De 1988 a 1990 fez um estágio de Pós Doutorado na University of California, Davis, Estados Unidos e em 1993 prestou o exame de Livre Docência pelo IFQSC, USP. Seu vínculo como servidor público na USP iniciou em 1977 como Auxiliar de Ensino em Regime de Tempo Parcial (RTP) no Departamento de Química e Física Molecular do IFQSC. Atualmente seu enquadramento funcional é de Professor Titular em Regime de Dedicação Integral à Docência e à Pesquisa (RDIDP) no Departamento de Físico-Química do Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Bolsista de Produtividade CNPq Nível 1A. De sua atuação como pesquisador/orientador pode ser mencionada a formação de 18 doutores e 24 mestres, supervisão de 10 pós-doutoramentos e 140 trabalhos publicados em revistas científicas (2113 citações e h = 26). Dedicou-se a diferentes atividades administrativas, dentre as quais Presidente das Comissões de Cooperação Internacional, de Pesquisa e de Graduação do IQSC, Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Físico-Química e vice-prefeito do Campus da USP em São Carlos. Atualmente exerce a suplência da chefia do Departamento de Físico-Química do IQSC. Foi eleito vice-secretário da regional do interior paulista da Sociedade Brasileira de Química para o período de 2014-2016. Foi eleito também como secretário geral da Sociedad Iberoamericana de Electroquímica para o período de 2014-2018.


Linhas de Pesquisa

Eletroquímica Ambiental: Considerando a escassez de água potável oriunda do crescimento populacional e, consequentemente, do aumento do número e quantidade de contaminantes detectados nos meios hídricos, essa linha de pesquisa tem como finalidade:
1) Utilizar materiais eletródicos diversos para a degradação eletroquímica de contaminantes orgânicos presentes em meios aquosos;
2) Analisar o efeito do acoplamento de processos tais como, sonólise e fotólise, no processo eletroquímico;
3) Emprego de processos oxidativos avançados (POA), eletroquímicos ou não, na degradação de contaminantes orgânicos;
4) Desenvolvimento com ampliação de escala e de protótipos de reatores eletroquímicos, com associação de processos;
5) Análise de interferentes presentes em solução aproximando os sistemas a efluentes reais.

Proteção contra a Corrosão Metálica: Diversos prejuízos, sociais e econômicos, ocorrem devido a corrosão de estruturas metálicas. Atualmente, busca-se tecnologias de proteção contra a corrosão de baixo impacto ambiental; neste ponto, a utilização de recobrimentos a base de polímeros condutores mostra-se promissora. Desta forma esta linha de pesquisa tem como finalidade:
1) Sintetizar, por via química ou eletroquímica, polímeros, co-polímeros e compósitos utilizando polianilina e seus derivados;
2) Analisar o efeito da incorporação de aditivos aos materiasi poliméricos, tais como, produtos naturais encontrados no Brasil e nanoestruturas de diferentes naturezas;
3) Analisar os fatores que influenciam na adesão de materiais poliméricos sobre ligas metálicas (aços (carbono e inoxidável), ligas de alumínio (especialmente as utilizadas na indústria aeronáutica);
4) Realizar testes de corrosão, eletroquímicos e acelerados, e de adesão, a fim de avaliar o desempenho dos recobrimentos poliméricos obtidos;
5) Observar a influência de soldas e partículas intermetálicas nas características de processos corrosivos localizados.


Publicações

1) STETER, J.R.; KOSSUGA, M.H.; MOTHEO, A.J. Mechanistic proposal for the electrochemical and sonoelectrochemical oxidation of thiram on a boron-doped diamond anode. Ultrasonics Sonochemistry, v. 28, p. 21-30, 2016.
2) AQUINO, J.M.; PARRA, K.N.; MIWA, D.W.; MOTHEO, A.J. Removal of phthalic acid from aqueous solution using a photo-assisted electrochemical method. Journal of Environmental Chemical Engineering, v. 3, p. 429-435, 2015.
3) PARRA, K.N.; GUL, S.; AQUINO, J.M.; MIWA, D.W.; MOTHEO, A.J. Electrochemical degradation of tetracycline in artificial urine medium. Journal of Solid State Electrochemistry, 2015. DOI: 10.1007/s10008-015-2833-8
4) HUSSAIN, S.; GUL, S.; STETER, J.R.; MIWA, D.W.; MOTHEO, A.J. Route of electrochemical oxidation of the antibiotic sulfamethoxazole on a mixed oxide anode. Environmental Science and Pollution Research International, 2015. DOI: 10.1007/s11356-015-4699-9
5) SOUZA, F.L.; SÁEZ, C.; CAÑIZARES, P.; MOTHEO, A.J.; RODRIGO, M.A. Coupling photo and sono technologies to improve efficiencies in conductive diamond electrochemical oxidation. Applied Catalysis. B, Environmental, v. 144, p. 121-128, 2014.
6) PAGOTTO, J.F.; MONTEMOR, M.F.; RECIO, F.J.; MOTHEO, A.J.; SIMOES, A.M.; HERRASTI, P. Visualization of galvanic effects at welds on carbon steel. Journal of the Brazilian Chemical Society, v. 26, p. 667-675, 2015.
7) CHEMIN, A.; MARQUES, D.; BISANHA, L.D.; MOTHEO, A.J.; BOSE, W.W.; RUCHERT, C.O.F. Influence of Al2Cu7Fe intermetallic particles on the localized corrosion of high strength aluminum alloys. Materials & Design, v. 53, p. 118-123, 2014.
8) BANCZEK, E.P.; MORAES, S.R.; ASSIS, S.L.; COSTA, I.; MOTHEO, A.J. Effect of surface treatments based on self-assembly molecules and cerium coatings on the AA3003 alloy corrosion resistance. Materials and Corrosion – Werkstoffe und Korrosion, v. 64, p. 199-206, 2013.
9) JOHANSEN, H.D.; BRETT, C.M.A.; MOTHEO, A.J. Corrosion protection of aluminum alloy by cerium conversion and polymer duplex coatings. Corrosion Science, v. 63, p. 342-350, 2012.
10) SILVA, D.P.B.; NEVES, R.S.; MOTHEO, A.J. Corrosion protection of aluminum alloys by methoxy-silanes (SAM)/polyaniline double films. ECS Transactions, v. 43, p. 57-64, 2012.


Pessoal