Unidades de São Carlos empossam novos dirigentes no dia 17 de agosto

O campus de São Carlos congrega cinco Unidades de Ensino e Pesquisa da USP - Foto: Divulgação

Tomarão posse os novos diretores e vice-diretores do IFSC, do IQSC e do ICMC

No próximo dia 17 de agosto (sexta-feira), uma cerimônia marcará a posse dos novos dirigentes de três Unidades de Ensino e Pesquisa do campus de São Carlos: Instituto de Física de São Carlos (IFSC), Instituto de Química de São Carlos (IQSC) e Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC). O evento será realizado a partir das 19h, na sede do São Carlos Clube (Avenida São Carlos, 1919, São Carlos, São Paulo).

No IFSC, tomarão posse o novo diretor, Vanderlei Salvador Bagnato, e o novo vice-diretor, Igor Polikarpov.

Vanderlei Salvador Bagnato é professor titular do Departamento de Física e Ciências de Materiais. Cursou o bacharelado em Física, pela USP, e Engenharia de Materiais, pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), e fez Doutorado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (IMT, na sigla em inglês).

Foi coordenador da Agência USP de Inovação. Atua na área de Física Atômica e Aplicações da Óptica nas Ciências da Saúde. Trabalha com átomos frios, condensados de Bose-Einstein e ações fotodinâmicas em câncer e controle microbiológico. É coordenador do Centro de Pesquisas de Óptica e Fotônica (Cepof). Realiza diversas atividades de inovação tecnológica e difusão de ciências.

Igor Polikarpov é professor titular e coordenador do Polo Temático de Energias Renováveis e Ambiente. Seus principais interesses de pesquisa estão centrados em Biologia Estrutural e Biofísica Molecular e suas aplicações em Bioenergia e Biotecnologia. Possui graduação em Física pela Universidade da Bielorrússia, doutorado em Ciências Físico-Matemáticas pela mesma Universidade, pós-doutorado pela Academia de Ciências da Letônia, pós-doutorado pelo Instituto Max Planck e pós-doutorado pela Universidade de Edimburgo.

Coordenou projetos de colaboração com a União Europeia e Reino Unido e, atualmente, com Índia e Argentina. Também tem liderado parcerias com empresas biotecnológicas e farmacêuticas nacionais e construção de instalações científicas de grande porte (linhas de luz de cristalografia de proteínas MX-1 e MX-2 no Laboratório Nacional de Luz Síncrotron/LNLS).

Instituto de Química de São Carlos

Já no IQSC, a posse será do novo diretor, Emanuel Carrilho, e do novo vice-diretor, Hamilton Brandão Varela de Albuquerque.

Docente da USP desde 1989, Emanuel Carrilho graduou-se bacharel em Química pela USP em 1987, quando recebeu o Prêmio Bernhard Gross de Excelência Acadêmica. Formou-se mestre em Química Analítica em 1990, pela USP, e doutor em Ciências pela Universidade Northeastern, em Boston, em 1997.

Entre 2007 e 2009, realizou um pós-doutoramento pela Universidade de Harvard. Desenvolve pesquisas na área de Química Bioanalítica, com ênfase em separações analíticas e espectrometria de massas. Integra o corpo editorial de várias revistas internacionais e nacionais especializadas e é consultor ad hocde várias agências de fomento nacionais e internacionais. Atua principalmente nas seguintes técnicas: eletroforese capilar, cromatografia, espectrometria de massas, instrumentação analítica, e microfabricação de sistemas analíticos.

Hamilton Brandão Varela de Albuquerque possui graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, mestrado em Físico-Química pela USP e doutorado pelo Instituto Fritz Haber do Instituto Max Planck, com tese defendida na Universidade Livre de Berlim. Realizou estágio de pós-doutoramento no Departamento de Física Experimental (E19) da Universidade Técnica de Munique.

Tem experiência na área de físico-química, com ênfase em Sistemas Complexos, Dinâmica Não-Linear e Eletroquímica. É membro fundador e, desde novembro de 2010, pesquisador do Instituto Ertl para Eletroquímica e Catálise, na cidade de Gwangju, na Coreia do Sul.

Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação

Maria Cristina Ferreira de Oliveira, a nova diretora do ICMC, é professora titular do Departamento de Ciência da Computação desde 2008. Ingressou no Instituto em 1982, quando se tornou aluna no curso de Bacharelado em Ciências de Computação. Depois fez doutorado na Universidade de Wales, no Reino Unido, e pós-doutorado na Universidade de Massachusetts, nos Estados Unidos. Foi coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação e Matemática Computacional, chefe do Departamento e, no período de julho de 2014 a julho de 2018, e vice-diretora da Unidade.

Atua na área de Ciência da Computação, com ênfase em Metodologia e Técnicas da Computação, em projetos de pesquisa que atualmente se concentram nos seguintes temas: visualização de informação, visualização científica, mineração visual de dados e análise visual de dados. Em parceria com colegas do ICMC, consolidou o grupo de pesquisa em Visualização, Imagens e Computação Gráfica, que foi um dos precursores na implantação de pesquisas na área.

O novo vice-diretor, André Carlos Ponce de Leon Ferreira de Carvalho, fez graduação e mestrado em Ciências da Computação pela Universidade Federal de Pernambuco e concluiu o doutorado na Universidade de Kent, na Inglaterra, onde também fez pós-doutorado. Professor titular do ICMC, é vice-diretor do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) e atua na área de aprendizado de máquina, mineração de dados e ciência de dados, com aplicações em várias áreas.

É membro da Rede Ciência para Educação, do comitê diretivo do capítulo da América Latina e do Caribe da Rede Internacional de Assessoria Científica Governamental e do Conselho Técnico-Científico da Escola de Matemática Aplicada da Fundação Getúlio Vargas.

Por Adriana Cruz/Jornal da USP

Notícia cadastrada por Sandra Aparecida Zambon da Silva
O conteúdo da notícia é de inteira responsabilidade do autor.