Pesquisa IQSC: colaboração internacional gera publicação destacada

Hidrogel seco (foto da esquerda) e hidratado (foto da direita), que absorve 145 vezes seu peso em água. Fotos: Dr. Rodrigo Sabadini

A capa da edição de 10 de janeiro de 2018 (volume 135, edição 2) do Journal of Applied Polymer Science, é ilustrada com imagem microscópica do hidrogel desenvolvido pela pesquisadora do Instituto de Química de São Carlos, Profa. Dra. Agnieszka Joanna Pawlicka Maule e seu então aluno de doutorado e depois pós-doutorado, Dr. Rodrigo César Sabadini, em parceria com Profs. Drs. Jerzy Kanicki, da Universidade de Michigan (EUA) e Maria Manuela Silva da Universidade do Minho (Portugal). O artigo, publicado em colaboração, intitula-se “Gellan gum-O,O-bis(2-aminopropyl)-polyethylene glycol hydrogel for controlled fertilizer release“.

capa da Journal of Applied Polymer Science (volume 135, edição 2, 10 jan 2018). Foto: Dr. Rodrigo Sabadini

Diferente de produtos disponíveis comercialmente, a matéria-prima deste hidrogel é composta de quitosana, polímero natural derivado da quitina encontrada na casca de crustáceos.

Com aplicações na agricultura e medicina sem os potenciais riscos de sintéticos, “o produto chama a atenção por ser biodegradável e superabsorvente, podendo armazenar água e nutrientes”, informa Agnieszka.

Em artigo divulgado na revista da Escola de Engenharia da Universidade de Michigan, Kanicki informa que este foi apenas o começo, mas a ideia final é combinar isso com uma série de dispositivos sensores que permitam ajustar o hidrogel com base na localização, na quantidade de precipitação e na rapidez com que as plantas estão crescendo.

Por Sandra Zambon (Comunicação IQSC)

Notícia cadastrada por SANDRA APARECIDA ZAMBON DA SILVA

O conteúdo da notícia é de inteira responsabilidade do autor.