IQSC realiza hoje (24/5) campanha de doação de sangue e de doadores de medula óssea

Todos os tipos sanguíneos são importantes para as campanhas. Imagem: Gerd Altmann/Pixabay CC0 com adaptação

Nesta quinta-feira, dia 24 de maio, o Instituto de Química de São Carlos (IQSC) da USP realiza nova edição da Campanha de Doação de Sangue e Cadastramento de Doadores de Medula. A iniciativa conta com a participação do Hemonúcleo Regional de Jaú, unidade da Fundação Dr. Amaral Carvalho. A Comissão de Graduação da Unidade organiza anualmente as campanhas, que integram a programação estendida da Recepção aos Calouros.

Os doadores devem se dirigir até o edifício Q5 do IQSC, na área 1 do campus da USP, entre 18 e 21 horas. É indispensável apresentar documento oficial com foto.

Doação de sangue

O Hemonúcleo informa que para participar é preciso ter entre 16 e 69 anos. Os menores de 16 anos só poderão fazer a doação se estiverem acompanhados de um dos pais ou de um responsável legal, já os maiores de 65 anos podem participar se já doaram sangue antes de completar 60 anos.

São requisitos para doação de sangue: pesar mais de 50 quilos, estar em boas condições de saúde e descansado, ter se alimentado evitando a ingestão de alimentação gordurosa, não ter tido hepatite após os 10 anos de idade, não estar resfriado ou com gripe, não ter tido evidência clínica ou laboratorial de doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue, como Hepatites B e C, AIDS (Vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas, entre outros. Mulheres grávidas ou amamentando também não podem participar. Quem colocou piercing ou fez tatuagem, só pode doar sangue após um ano. Clique aqui e saiba mais.

Vale lembrar que os homens podem doar sangue até 4 vezes ao ano, com intervalo de 60 dias. Já as mulheres podem colaborar 3 vezes ao ano, com intervalo de 90 dias.

Todos os tipos sanguíneos são importantes para a campanha, mas se desejar saber quem pode receber seu sangue e que tipo de sangue você pode receber, acesse quem doa pra quem.

Cadastramento de Doadores de Medula

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), são condições para doação de medula: ter entre 18 e 55 anos de idade; não ter doença infecciosa ou incapacitante e não apresentar doença neoplásica (câncer), hematológica (do sangue) ou do sistema imunológico.

O cadastro é feito com a retirada uma pequena quantidade de sangue (10 ml) do candidato a doador. Os dados coletados serão incluídos no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (REDOME), vinculado ao  Instituto Nacinal de Câncer (INCA). Quem já fez a doação uma vez não precisa repetí-la.

Quando houver um paciente com possível compatibilidade, o doador é consultado para decidir quanto à doação.  Para seguir com o processo de doação serão necessários outros exames para confirmar a compatibilidade e uma avaliação clínica de saúde. Somente após todas estas etapas concluídas o doador poderá ser considerado apto e realizar a doação.

Também é bom lembrar que quem já participou de campanha de doação de medula deve manter seus dados de contato atualizados junto ao REDOME.

Serviços
Doação de sangue e
Cadastramento de Doadores de Medula
24 de maio de 2018, quinta-feira, das 18 às 21 horas
Instituto de Química de São Carlos (IQSC) – edifício Q5
Av. Trabalhador são-carlense, 400 – área 1 do campus da USP
Contato: (16) 3373-8272 ou eventos@iqsc.usp.br

Por Sandra Zambon (Comunicação IQSC)

Notícia cadastrada por SANDRA APARECIDA ZAMBON DA SILVA

O conteúdo da notícia é de inteira responsabilidade do autor.