Complexos de Rutênio: propriedades luminescentes e aplicações

Os complexos de rutênio polipiridínicos são conhecidos pelas suas propriedades luminescentes desde o final da década de 50. Os estudos realizados com esses complexos nos últimos 30 anos geraram um aumento significativo de informações na literatura, as quais são empregadas atualmente para o desenvolvimento de novos compostos luminescentes.

Estas afirmações são do doutorando Carlos Roberto Batista Tasso, que estuda estes compostos sob orientação do Prof. Dr. Benedito dos Santos Lima Neto, do Grupo de Química Orgânica e Analítica, do Instituto de Química de São Carlos (IQSC), da USP.

“Os derivados de complexos tris(bipiridina) rutênio (ll) apresentam boa estabilidade e baixo custo, portanto são utilizados comercialmente em células fotovoltaicas e em sensor”, acrescenta.

Carlos, que é graduado em Química pela Universidade de Franca e Mestre em Química Inorgânica pela USP, abordará o assunto durante seminário que profere no dia 02 de fevereiro de 2018, sexta-feira, às 10 horas, no anfiteatro A do edifício Q1 do IQSC. A atividade é aberta a todos os interessados.

Seminário
“Propriedades luminescentes dos complexos de rutênio polipiridinicos e suas aplicações”
Carlos Roberto Batista Tasso (IQSC-USP)
02/02/2018, 10 horas, anfiteatro A do edifício Q1 do IQSC-USP
Av. Trabalhador São-carlense, 400
Inscrições:  www.iqsc.usp.br/eventos
Informações: (16) 3373-9909

Por Sandra Zambon (Comunicação IQSC)
Foto: Adrian Malec / Pixabay CC0

Notícia cadastrada por SANDRA APARECIDA ZAMBON DA SILVA
O conteúdo da notícia é de inteira responsabilidade do autor.