Exposição destaca participação feminina no meio científico

“Mulheres Laureadas com o Nobel de Química e Mulheres na Ciência”, é o nome da exposição que pode ser visitada até 31 de março de 2017, de segunda a sexta-feira, das 8 às 19 horas na biblioteca  do Instituto de Química de São Carlos (IQSC), da USP.

Uma visita ao passado é o que leva o visitante a entender por que a data passou a ser comemorada e conhecer as várias iniciativas que têm sido implementadas ao longo dos anos no sentido de extinguir situações de desvalorização e desrespeito impostas às mulheres. “É uma data que simboliza a busca de igualdade social entre homens e mulheres, para que as diferenças biológicas sejam respeitadas e não sirvam de pretexto para subordinar e inferiorizar a mulher”, afirma Eva Blay, referindo-se ao dia 8 de março, institucionalizado como Dia Internacional da Mulher.

Ligadas pela dedicação à Ciência, estão representadas: Marie Curie, Irène Joliot-Curie, Dorothy Mary C. Hodgkin Ada E. Uonath, Marie Maynard Daly, Maria – A Judia (ou Maria – a Profetisa), entre outras.

Há também nomes da atualidade, como Jocellyn Bell Burnell, britânica, que descobriu os primeiros pulsares; Mayana Zatz, brasileira, reconhecida e premiada internacionalmente por suas pesquisas com genoma humano e células tronco e Fabiola Gianotti, italiana, citada como “Top 100 mulheres mais influentes” pela Forbes Magazine, em 2013.

Entender que a Ciência não faz distinção de gênero é a mensagem deixada por estas mulheres fascinantes.

Receba outras informações: (16) 3373-9619

Texto e fotos: Sandra Zambon, Comunicação IQSC
Notícia cadastrada por SANDRA APARECIDA ZAMBON DA SILVA

O conteúdo da notícia é de inteira responsabilidade do autor.